Colagem a frio de pisos engenheirados em 30 segundos!

 

::: MÁQUINAS PARQUET E EQUIPAMENTOS PARA PISO :::

<< Voltar


 

Colagem a frio de pisos engenheirados em 30 segundos!

Bürkle

Numa parceria entre a Bürkle Process Technologies (linhas de piso, portas, pintura, etc) e a Casco Adhesives (adesivos industriais para pisos de madeira, grupo Akzo Nobel), uma nova tecnologia para fabricação de pisos engenheirados de duas camadas com prensa fria foi desenvolvido em 2004.

Uma das principais vantagens do processo de prensa a quente sobre o de prensa fria na fabricação de piso de duas ou três camadas, é o fato da prensa quente apresentar tempos de prensagem bem mais curtos do que o de prensa fria. Uma prensagem a frio com uma cola do tipo PVAc pode durar 40 min, enquanto uma prensa quente pode levar de 5-7 minutos a 95°C.

Na prensa quente, embora com ciclos mais curtos, é comum a instabilidade dimensional do piso de 2 camadas devido ao fato da madeira trabalhar com a brusca secagem da madeira, o que faz com que as lamelas (mais finas) trabalhem de modo diferente do que a base (mais grossa), podendo fazer com que as peças encanem ou entortem após a prensagem. Isso é visto como um grave problema de qualidade.

Para compensar o tempo de cura da cola na prensa fria, também é comum prensar vários “sanduíches” de piso de uma vez só (em torno de 20 a 40, dependendo da linha), o que por sua vez permite que eventualmente alguma lamela saia da sua posição, podendo comprometer a qualidade de todo um lote prensado. Procurou-se então, juntar as melhores características de cada processo, a fim de reduzir o tempo de prensagem e a quantidade de refugo na fabricação de piso engenheirado de 2 camadas.

A Casco Adhesives desenvolveu um processo com um adesivo inovativo, que é ativado por infra-vermelho, e cura em apenas 30 segundos na prensa a frio, independente da espessura do piso. Esse adesivo ultra-rápido é várias vezes mais barato que a cola “hotmelt” reativa, que também disputa o mercado de colagem rápida na Europa – e aí outra grande vantagem do sistema.

Este desenvolvimento foi feito em parceria com a empresa Robert Bürkle GmbH, que conseguiu projetar e fabricar uma linha que trabalha numa velocidade alta o suficiente para preparar o material a ser prensado antes que a cola secasse, conforme o esquema abaixo. O piso resultante passa todas normas internacionais, e é muito estável.

Seqüência de Produção

A primeira linha com este novo conceito foi entregue pela Bürkle em fevereiro de 2005 a uma empresa na Áustria, e desde então mais duas outras já foram fabricadas e entregues a clientes na Áustria e Alemanha.

Este processo poderá ser visto trabalhando no stand da Bürkle (pavilhão 19, stand D13-E13), na feira mundial de máquinas para a indústria madeireira LIGNA, que será realizada de 2 a 6 de maio em Hannover (Alemanha).

Mais informações sobre o processo podem ser obtidas com a representada da Bürkle no Brasil, a Placage Representações Ltda. em Curitiba (contato: placage@placage.com.br ouwww.Placage.com.br, (41) 3244-1691), e sobre a cola com a Casco Adhesives (Akzo Nobel), também em Curitiba (contato: martin@akzonobel.com.br, (41) 284 7126).

/

Placage-Assessoria em Comércio Exterior Ltda. Todos os direitos reservados.

cremona buerkle EWD Holtec joss
ledinek mahild Paul schroederpeq Schwab